Aldo Busuletti recebe síndicos para Visita Técnica do 3º Congresso Nacional de Síndicos Profissionais – CONASIPEN

No dia 27 de outubro ocorreu em São Paulo o 3º Congresso Nacional de Síndicos Profissionais – CONASIPEN. O evento ocorreu nos dias 25, 26  e 27 de outubro com a presença de diversos sindicos profissionais de alto desempenho, síndicos profissionais em desenvolvimento e síndicos prepostos orientados pela Brbrasis – Agência Nacional de Pesquisa, Mentoria e Assessoria a Profissionais de Condomínios.

Os congressistas tiveram oportunidade de conhecer o trabalho de diversos síndicos de alto desempenho entre eles Aldo Busuleltti, o mais antigo síndico profissional do Brasil.

Uma das maiores referências em sindicatura. Antes da visita técnica a coordenadora do Conasipen Headhunter e Mentora Eli Antonelli esteve na Busuletti “Ficamos encantados com o processo extremamente organizado da empresa, um modelo de eficiência de gestão e o que mais nos encantou foi o carinho que o Sr. Aldo recebeu nossos síndicos profissionais e sindicos prepostos para uma visita em sua unidade”, conta.

Entre os participantes a Síndica Preposta em Desenvolvimento Avançado pela Brbrasis Sandra Falcão. A síndica tem como principal foco na carreira desenvolver mais competências na gestão de condomínios antigos. Ela integra o PROGRAMA DE CERTIFICAÇÃO DIAMOND – GESTÃO PARA CONDOMÍNIOS ANTIGOS BRBRASIS. Já participou das duas primeiras ações do programa. Desta forma, ela optou por fazer a visita técnica com o Sr. Aldo, num prédio antigo na região central de São Paulo, mas precisamente na praça Rotary.

Confira abaixo o depoimento da síndica sobre a atividade realizada.

Sandra Falcão é síndica em São Paulo. Está em treinamento avançado para desenvolver atividades de preposto para sindicos de alto desempenho.

” No primeiro contato, Aldo nos contou ter iniciado na função, décadas atrás, no seu próprio condomínio, totalmente por acaso, já que depois de várias assembleias ninguém se prestava, na época, a assumir o cargo. O empenho e o desejo de colocar a casa em ordem deu de tal modo certo que, após essa primeira experiência, não mais parou, os convites começaram a surgir, assim como o desejo de fazer a diferença. Sobre a visita, a primeira sensação ao adentrar no prédio foi bastante impactante. Deu para perceber que, ali, o síndico era parte integrante da equipe, pelo relacionamento próximo com os funcionários e pelos detalhes dados a cada passo alcançado na difícil tarefa de recuperar e de legalizar um prédio comercial de mais de 40 anos, sem AVCB, com questões trabalhistas e todo o tipo de inadequações estruturais. Um desafio e tanto no qual pude me espelhar, para quem gosta de prédios com biografia e histórias para contar. No meio condominial, muito se comenta sobre as dificuldades encontradas nas implantações de prédios novos e condomínios clubes, certamente em nada simples. Contudo, os condomínios antigos, também, exigem um olhar peculiar e um cuidado especial. Perdemos o nascimento, outros passaram por ali e, por vezes, nem plantas temos, restando-nos um trabalho quase que arqueológico, no sentido figurado do termo. Precisamos resgatar uma história, temos de ser criativo para adequar a edificação à realidade com todas as limitações técnicas e as particularidades arquiteturais que devem ser respeitadas. Não preciso dizer que a visita foi uma experiência e tanto. Como síndica preposta em desenvolvimento avançado pela BraBrasis, pude verificar que os problemas se repetem nos prédios antigos. O Aldo passou segurança nos procedimentos e no rigor. Rigor inclusive com as palavras, o que chamou minha atenção. “Prestamos serviço de sindicatura” disse ele, e não “de sindicância”. Apenas um detalhe? Talvez…. mas penso que a diferença na gestão de qualquer condomínio reside precisamente nos detalhes, pois, o grosso modo, qualquer um faz, difícil é fazer com carinho e com critério. Valeu pela visita, Aldo! Obrigada!”

Deixe sua opinião