Bairros com condomínios de melhor custo-benefício em São Paulo

Compartilhe:

Pesquisa da LAR.APP mostra os bairros com condomínios de melhor custo-benefício em São Paulo

Realizado a partir de 9 mil anúncios de apartamentos, localizados em 204 bairros diferentes, a pesquisa aponta os locais em que a relação entre valor do aluguel/condomínio/IPTU é mais vantajosa aos inquilinos

São Paulo, 12 de julho de 2019: Um levantamento inédito elaborado pela administradora digital de condomínios LAR.APP mostra quais são os melhores bairros para se alugar um imóvel na cidade de São Paulo ao cruzar os valores de IPTU, aluguel e condomínio. Com isso, a população que busca um imóvel para alugar pode avaliar o custo-benefício de cada região através do Coeficiente de Saúde Administrativa do Condomínio. Entre os destaques de bairros para futuros inquilinos estão Cidade Jardim, Panamby e Sumaré.

“Os valores de condomínio e IPTU têm grande peso na opção por um imóvel. No caso do condomínio, um valor baixo é sinal de boa administração. Já o IPTU reflete tanto as características do bairro como as do imóvel”, explica Rafael Lauand, sócio-fundador da LAR.APP e responsável pelo levantamento. A partir dos números do levantamento, acrescenta Lauand, “é possível constatar que há bairros onde o custo-benefício é melhor, o que pode ajudar na escolha de quem está procurando um imóvel.”

Segundo a pesquisa da LAR.APP, os dez melhores bairros em termos de custo-benefício de valores de aluguel, condomínio e IPTU são: Chácara Inglesa, Cidade Jardim, Liberdade, Sumaré, Vila Clementino, Vila Suzana, Jardim Anália Franco, Alto da Boa Vista, Vila Cruzeiro e Santa Cecília. “São bairros em que as taxas de condomínio dos prédios com imóveis disponíveis para aluguel estão mais atraentes”, diz o empresário.

De acordo com a pesquisa, o valor anual de um metro quadrado no bairro da Liberdade, por exemplo, gira em torno de R$ 450, o que, pensando em um imóvel de 100 metros quadrados, significa um total de R$ 45.000 por ano. No indicador Condomínio/IPTU, aqui descrito como Coeficiente de Saúde Administrativa do Condomínio, o bairro tem uma relação de 5,88, entre as mais baixas da pesquisa. Chácara Inglesa e Cidade Jardim apresentam relações de 5,29 e 5,68, respectivamente.

Já na ponta oposta estão Vila Gumercindo, Mirandópolis, Santana, Mooca, Alto da Lapa, Pompéia, Jabaquara, Jardim América, Jardins e Jaguaré. Para Lauand, nestes casos o custo do bairro e dos condomínios já não são tão competitivos. Na Vila Gumercindo, que é a região com pior custo-benefício, o preço médio do metro quadrado para aluguel é de R$ 389 por ano, o que, ao se levar em conta os valores de condomínio e IPTU, indicam um Coeficiente de Saúde Administrativa do Condomínio de 57,25.

O levantamento da LAR.APP foi realizado a partir de 9 mil anúncios de apartamentos localizados na cidade de São Paulo. No total, foram mapeados imóveis em 204 bairros. O ranking completo está disponível no link https://lar.app/pesquisa-condominios-de-melhor-custo-beneficio/ .

METODOLOGIA DA PESQUISA

  1. Foram levantados cerca de 9 mil imóveis residenciais distintos, em 204 bairros diferentes, em anúncios de compra, venda e aluguel;

  2. Levantamos informações como: metragem do apartamento, valor de aluguel, valor de venda, valor do condomínio, CEP, endereço, metragem do condomínio, valor do IPTU, entre outros;

  3. Após alguns filtros e refinamento estatístico chegamos a uma amostra de mais de 5 mil imóveis residenciais distintos e com todas as informações necessárias;

  4. Agrupamos todas as unidades nos seus respectivos bairros com seus respectivos valores de:

    1. valor do aluguel anual por metro quadrado;

    2. valor do condomínio anual por metro quadrado;

    3. valor do IPTU;

      1. valor do IPTU é anualizado;

      2. valor varia conforme a variação do valor do imóvel;

      3. cálculo considera: metragem, tamanho, localização, instalações, tipo de acabamento, ano, etc;

  5. Eliminamos bairros com uma amostra inferior a 10 imóveis listados;

  6. Com essas médias, calculamos a média do valor do condomínio anual por metro quadrado sobre o valor do IPTU, nos mostrando um coeficiente da saúde administrativa do condomínio;

  7. Os menores valores são o de condomínios mais saudáveis na sua gestão;


Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *