Escolha da administradora: Convidado Danilo Moreira Unione

Compartilhe:

O jornal folhacon está desenvolvendo uma série de entrevistas com síndicos, moradores, conselheiros,  engenheiros, palestrantes para a série “Como escolher uma administradora de condomínios 2020?”. Inclusive com a participação das próprias administradoras de condomínios! Isso mesmo! Eles vem para o debate!  Para começar Danilo Moreira da Unione Administração de Condomínios responde as perguntas da Jornalista Eli Antonelli para uma reflexão do processo de troca de administradoras de condomínios.

Você é nosso convidado para este debate deixe suas perguntas para o Danilo abaixo da entrevista. Ele atua em SÃO JOSÉ DOS CAMPOS e região com administração de condomínios.  Tem um olhar diferenciado e bem mais próximo dos síndicos. Confira abaixo

 JORNAL FOLHACON JORNALISTA ELI ANTONELLIPergunta 1 – Danilo, é muito comum as pessoas confundirem os papeis O QUE FAZ O SÍNDICO e o que FAZ A ADMINISTRADORA DE CONDOMÍNIOS. Para esclarecer os moradores o papel de cada um, gostaríamos de contar com você. Afinal, qual é o papel do SÍNDICO? Qual é o papel da administradora de condomínios?

Danilo Moreira da Unione Administração de Condomínios Obrigado Eli pela pergunta. Realmente há uma certa confusão entre os papéis. Antes de explicar o papel atual acredito que seja interessante falar um pouco de como era no passado. Anteriormente a maioria das administradoras assumiam papéis, que em minha opinião, não eram delas. Geralmente o sindico era uma figura meramente ilustrativa, ou seja, apenas documental. A Administradora resolvia todas as contratações, todos os pagamentos, todas as decisões eram tomadas por elas. E para piorar em muitas situações (não todas) eram realizadas escolhas de acordo com a conveniência do administrador e não em prol do condomínio. Atualmente com a facilidade de acesso a informação e estreitamento das leis, os síndicos passaram a assumir o papel de protagonistas em seus condomínios. Afinal quem responde civilmente é o sindico e não a administradora. Entendo que o sindico deve assumir as responsabilidades de resolver os problemas de convívio dos moradores (com sabedoria e sem se envolver em vidas pessoais), acompanhar de forma clara e precisa as manutenções, prazos em geral (AVCB, Seguro, entre outros), efetuar a contratação de prestadores homologados (com ficha limpa nas esferas municipal, estadual e federal) e com nota fiscal.

A responsabilidade da administradora foi minimizada mais não é menos importante. Afinal o que seria de um presidente sem uma primeira dama forte (exemplo Michele Obama). Compreendo que a Administradora de condomínios deve estar disponível para auxiliar o síndico em suas necessidades; como validar fornecedores, conhecer legislação (é importante que o sindico se atualize, porém quem não é sindico profissional nem sempre tem tempo par buscar novas informações pois tem seu emprego fora do condomínio); efetuar/agendar os pagamentos que forem autorizados pelo sindico; acompanhar as assembleias e seus trâmites legais; prover documentos administrativos;

Enfim existe uma linha muito tênue entre estes papéis, porém no âmbito jurídico as definições são muito claras.

Danilo é o 1º convidado do debate : ADMINISTRADORAS

JORNAL FOLHACON JORNALISTA ELI ANTONELLIPergunta 2:  Quais são as consequências para o condomínio quando há desequilíbrio na execução destas funções?

Danilo Moreira da Unione Administração de Condomínios – Em geral o condomínio acaba sofrendo, seja por meio de uma má prestação de serviços, seja em questão de irregularidades administrativas financeiras. Não digo desonestas, mais um exemplo claro de uma irregularidade é uma contratação de um prestador de serviço e pagamento por meio de um recibo.  Ao invés de uma nota fiscal.  Geralmente neste caso o sindico tem o intuito de contratar o que é mais barato para o condomínio. Todavia ele esquece que se houver algum incidente com aquele prestador o responsável é o condomínio/sindico.

JORNAL FOLHACON – JORNALISTA ELI ANTONELLI – Você já atua há algum tempo com administradora. Qual conselho poderia dar para as pessoas que estão buscando trocar a administradora de condomínios?

Danilo Moreira da Unione Administração de Condomínios: Em geral procurem administradoras que tem compreensão de suas necessidades, não a mais barata ou a mais cara. Não a maior ou a menor. Mais sim uma que demonstre capacidade técnica par te prestar o suporte. Procure saber sobre os contratos atuais dela (pelo menos uns 3).  Visite a mesma, procure referências. Afinal uma administração adequada lhe dará suporte na grande maioria dos casos administrativos.

JORNAL FOLHACON – JORNALISTA ELI ANTONELLI – O que é uma boa administradora de condomínios?

Danilo Moreira da Unione Administração de Condomínios : em minha opinião seria uma administradora que saiba dizer NÃO. Não, as facilidades do mercado, não as propinas, não a jeitinhos. Entretanto ela orienta o sindico a estudar, se preparar para as adversidades da vida condominial. Está disponível para auxiliar o sindico nas tomadas de decisões, nos momentos fáceis e difíceis. Busca inovações tecnológicas para melhorar a relação com os condomínios e facilitar cada vez mais as tarefas do sindico.

JORNAL FOLHACON – JORNALISTA ELI ANTONELLI – Por que é importante que a administradora esteja sempre buscando inovar o seu trabalho?

Danilo Moreira da Unione Administração de Condomínios Acredito que uma não só uma administradora precisa inovar, mais sim todas as empresas, pois é através inovação que conseguimos encantar nossos clientes sejam eles internos ou externos. Todavia é pela inovação que a administradora consegue mostrar aos síndicos facilidades que muitas vezes ele não tinha conhecimento que poderiam ser feitas.

JORNAL FOLHACON – JORNALISTA ELI ANTONELLI – Quando os moradores falam de TRANSPARÊNCIA nas contas, qual é o papel da administradora para ajudar o síndico a facilitar o acesso as informações aos moradores/ Como a administradora contribui neste processo?

Danilo Moreira da Unione Administração de Condomínios O processo de transparência é natural, ou pelo menos deveria ser. Uma boa administradora consegue entregar ao Síndico e Conselho um material claro, com todos os comprovantes, notas fiscais e o mais importante incluindo o extrato bancário. Muitas pessoas acabam esquecendo ou não tem o conhecimento da necessidade da conciliação bancária na apuração das contas do condomínio. Vale lembrar que as contas devem ser entregues mensalmente e o morador tem de ter acesso a elas seja por balancete ou solicitando ao sindico/conselho para visualizar a pasta de prestação de contas. Atualmente existe a possibilidade da prestação de contas digital, entretanto isto ainda está em um momento de transição/implantação. Verdade é que este processo é uma mudança cultural, uma saída do papel para o digital irá ocorrer, mais ainda existe muita resistência.

JORNAL FOLHACON – JORNALISTA ELI ANTONELLI – Qual sua função na UNIONE? Qual o diferencial da administradora? Como vocês esperam ser reconhecidos pelos seus clientes?

Danilo Moreira da Unione Administração de Condomínios Sou o sócio fundador da Unione Administração de Condomínios. Nós somos uma administração que está focando em realizar uma conscientização dos síndicos. Atualmente conseguimos interligar métodos operacionais dos síndicos da velha guarda com os meios de administração atuais.  Sempre orientando e direcionando o síndico em seu caminho de forma reta. Alertamos o síndico de quais procedimentos ele realiza que podem ser prejudiciais a ele/ao condomínio. Esperamos ser reconhecidos como uma administradora se seja ajudadora, e comprometida com o condomínio. Não como mais uma administradora. Nosso slogan é: Unione Condomínios –   Unindo Inovação e Eficácia.

JORNAL FOLHACON – JORNALISTA ELI ANTONELLI – Quais são seus valores primordiais?

Danilo Moreira da Unione Administração de Condomínios Nossos valores são: Transparência, imparcialidade e comprometimento.

Gostou desta entrevista? Concorda ou discorda com o posicionamento do Danilo? Deixe seu comentário ou seu pergunta.

Eli Antonelli

Compartilhe:

7 comentários em “Escolha da administradora: Convidado Danilo Moreira Unione

  • 30 de julho de 2019 em 19:07
    Permalink

    Concordo plenamente com o ponto de vista do Sr. Danilo, entretanto permitam-se um complemento:
    – Essa dúbia dicotomia entre as atividades dos Síndicos e das Administradores, se dá em função da atividade do primeiro (síndico) é transitória, já da administradora é continuada (evidente que em alguns casos muda-se também de administradora, porém em função de forças do mercado – e a nova administradora já assume com o devido know how).
    – Um ponto relevante que deve ser observado (conforme também observado na entrevista), é o rígido acompanhamento dos recursos geridos (recebimento, gastos, investimentos e a efetiva veracidade do saldo liquido no banco – por isso entendo que o condomínio deve manter uma única conta e investimentos simples de visualização).

    Resposta
  • 30 de julho de 2019 em 19:35
    Permalink

    – obs: complemento ainda que o síndico “novo”, é uma presa fácil à administradora “experiente”, principalmente quando está administrando buscando seu favorecimento e ofuscando problemas. Assim é importante também que os novos Síndicos ou com pouco conhecimento/segurança, busquem conhecimentos através de literaturas e reuniões/congressos ofertados a atividade (como o Clube do Síndico vem oferecendo periodicamente).
    Ser Síndico (novo ou com experiencia) é como dirigir em estrada nova; tem que reduzir bem a velocidade, já nas estradas conhecidas, tem que respeitar todas sinalizações).

    Resposta
  • 30 de julho de 2019 em 23:18
    Permalink

    Concordo plenamente com o Danilo, entendo que a transparência, imparcialidade e inovação devem ser valores primordiais ; outrossim nós síndicos e conselheiros devemos ser abertos a inovação.

    Resposta
  • 30 de julho de 2019 em 23:50
    Permalink

    Caro Antonio, ponderou de forma muito precisa. Antigamente o acesso a informação era muito mais complexo e complicado. Hoje o síndico tem a internet, diversos grupos de WhatsApp e outras redes sociais para esclarecer dúvidas. Porém de nada adianta ter tudo a disposição, se não buscar a evolução pelo conhecimento. Quando diz que administradoras experientes podem prejudicar o síndico, temos de ponderar. Existem excelentes administradoras antigas e conceituadas, mais também existem as tendenciodas. Direcionando as concorrências e realizando jogo de cartas marcadas. Afinal se a administração for imparcial ela irá ser muito benéfica ao trabalho do síndico. Ela poderá auxiliar e suprir alguma deficiência/despreparo que o síndico tenha.
    Sobre os síndicos profissionais, estes tem maior responsabilidade de estar atentos a quem colocam ao seu lado. Afinal devem estar preparados para a função!

    Forte abraço e obrigado pelas observações.
    Danilo Moreira
    Unione Condominios

    Resposta
  • 31 de julho de 2019 em 18:14
    Permalink

    Claudio, infelizmente uma boa parte dos síndicos, não estão atentos a esta necessidade. somente com mudança cultural isto será aplicável. Porém estamos com esta missão de ajudar aos sindicos e conselheiros a evoluir como profissionais. Forte Abraço!

    Resposta
  • 31 de julho de 2019 em 19:56
    Permalink

    Danilo, sou Célia Ricci Gerente Predial e preposta em desenvolvimento.
    Só complementando a meu ver a importante questão que Eli Antoneli levantou a respeito da linha tênue entre síndicos e administradoras, muitos não sabem é até questionam em assembleia a não necessidade de ter os dois (síndico e administradora) percebo que pouco se fala a respeito, Importante seu esclarecimento!

    Resposta
  • 12 de agosto de 2019 em 16:35
    Permalink

    Boa Tarde,
    Meu nome é Thaís Nunes, atuo com Gerente Geral de um condomínio e Síndica Profissional.

    Acho importante levantarmos essa questão de matriz de responsabilidade de cada um, administradora e síndico, até para que possamos exigir maior eficiência de ambos os lados.

    Matéria muito esclarecedora!!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *