7 dicas para o síndico garantir uma portaria nota 10 no condomínio

Compartilhe:

O Jornal Folhacon, em conjunto com o Jornal Síndico Profissional, inicia a série Portaria nota 10”.  A série visa responder as principais dúvidas dos síndicos com relação a falhas e acertos na gestão de portaria nos condomínios, tanto com portaria com funcionários orgânicos, quanto com portaria terceirizada.

Convidada : Lorena Diniz geriu muitas áreas de atendimento ao cliente no mercado corporativo em grandes empresas durante sua carreira profissional. É administradora, pós graduada em gestão empresarial, MBA em gestão de abastecimento/atendimento. Gere a Higicorp com cuidado e profissionalismo extremos, gerando resultados de qualidade para seus clientes exigentes do mercado empresarial, bem como os condomínios residenciais da grande Curitiba. Trabalha com procedimentos operacionais claros, código de conduta, treinamento e supervisão constante. Gente treinada e motivada é um dos segredos da Higicorp.

 

Dica 1 – Como identificar uma portaria eficiente

Uma portaria eficiente é aquela que conhece bem as regras da casa, ou seja, as regras que direcionam as atividades do dia a dia, oriundas do regimento interno e de conhecimento daqueles que frequentam o ambiente.Precisa ser dura na aplicação das regras,  sem discriminação ou favorecimentos, porém é necessária educação e cordialidade nas relações.

 

Dica 2 – Normas que o síndico deve ter para não errar com a gestão dos funcionários.

A gestão dos funcionários é delicada e exige dedicação e profissionalismo. É muito importante estar atento à regularidade trabalhista, conhecer bem a legislação, o cumprimento dos horários de trabalho, execução de atividades dentro do escopo da função, utilização de EPI´s, direito a descansos, etc.

Uma boa gestão poderá evitar insatisfação das pessoas e futuras demandas judiciais.

 

Dica 3 : Documentos que  o sindico deve cobrar da empresa de Portaria Tercerizada

Quem terceiriza é co-responsável pelo passivo trabalhista e obrigações fiscais da terceirizada, mesmo com aplicação de contrato claro entre as partes.

Por isso, terceirizar com gente séria é primordial.

Um empresa terceirizada deve apresentar todos os meses a comprovação de que está regular diante do Estado e dos direitos trabalhistas das pessoas, que são:

  1. a) Relação de Funcionários que prestaram serviços no CLIENTE;
  2. b) Contracheque dos funcionários para checagem das funções;
  3. c) Folha ponto do período que comprove o cumprimento das horas contratadas;
  4. d) Certidão Negativa de FGTS;
  5. e) Certidão Negativa de INSS;
  6. f) Certidão de Tributos Estaduais e Municipais;
  7. g) Certidão Conjunta de Tributos Federais e Dívida Ativa da União;

 

Dica 4 – Maiores erros dos  síndicos que tem funcionários orgânicos. Quais são os riscos que ele corre se não fizer uma gestão de funcionário eficiente?

O síndico que faz gestão direta de seu quadro de pessoal tem vários desafios na missão. Destacamos os dois mais importantes:

– fazer uma gestão profissional que inclua recrutamento e seleção de perfis adequados, uniformização, discussão de regras de ética e conduta, montagem de procedimento diário de atividades, incluindo atividades semanais e mensais, treinamento e aplicação do procedimento, avaliação d e desempenho a partir da orientação do procedimento, envolvimento com a equipe para motivação e entendimento de possíveis demandas.

Gerir de forma profissional a equipe relativo à postura e envolvimento com as pessoas do condomínio, evitando favorecimentos ou discriminações, bem como, geração de direitos trabalhistas.

– entender e aplicar as regras da Lei para cada função, evitando possíveis demandas judiciais.

 

Dica 5 : Como identificar a gestão do funcionário eficiente.

Gestão eficiente é aquela que alinha a necessidade da função e do meio onde se vai atuar com a postura e atividades do empregado.

É aplicar um robusto sistema de recrutamento e seleção para identificar o perfil correto, treinar o novo funcionário e adequá-lo às necessidades do cliente, de modo que ambos fiquem satisfeitos com os resultados.

Manter a motivação do funcionário para que busque sempre a melhoria continua, novos desafios, com visão sistêmica de novas necessidades do cliente.

 

Dica 6:        Muitas vezes por querer economizar o condomínio não faz um investimento de segurança correto. Quais são os principais erros?

O principal erro é iniciar investimentos  e processos de segurança sem a contratação de um plano macro de segurança que mostre os  riscos e vulnerabilidades.

Mesmo que se faça a execução do plano aos poucos, esta deve seguir um planejamento prévio amplo, que leve à segurança completa do local quando concluído.

A aplicação de mão  de obra e equipamentos mais baratos podem comprometer a qualidade do resultado. Por isso, recomenda-se a contratação de empresa idônea, com boa reputação de mercado.

 

Dica 7:    É um importante uma consultoria de segurança? Quando se faz necessário?

É definitiva a importância de se contratar uma consultoria de segurança mesmo de uma empresa que mescle a consultoria e posterior aplicação dos processos e equipamentos de segurança.

O segredo do sucesso do plano de segurança está intimamente ligado aos procedimentos de segurança que devem ser seguidos pelos envolvidos. O treinamento e supervisão constante garante que se possa alcançar um melhor  resultado para segurança do ambiente.

Envie suas perguntas e comentários sobre GESTÃO DE PORTARIA NOTA 10. Deixe nos comentários ou envie por e-mail [email protected] / #publipost / Série de integração sindicos e profissionais de condomínios

Se preferir preencha aqui [contact-form][contact-field label=’Nome’ type=’name’ required=’1’/][contact-field label=’E-mail’ type=’email’ required=’1’/][contact-field label=’Nome do condomínio’ type=’url’/][contact-field label=’Você tem funcionário próprio ou terceerizado?’ type=’textarea’ required=’1’/][contact-field label=’Quais os maiores desafios na gestão de portaria em sua opinião? Quais os maiores erros que os sindicos cometem?’ type=’textarea’/][contact-field label=’Qual sua cidade’ type=’text’/][/contact-form]


Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *