Troca de síndicos: Regras para se candidar a síndico do condomínio

Compartilhe:

Vai começar o maior período de troca de síndicos nos condomínios em todo Brasil. Você está preparado para as assembleias de eleição de síndico 2019/2020? O Jornal Folhacon em conjunto com o Café com Síndico Profissional BRBRASIS  preparou uma série completa para você não errar no processo. Queremos ser parte da sua comemoração. A série “Troca de Síndicos – Regra para se candidatar a síndico em 2020” é coordenado pela headhunter Eli Antonelli, especialista em seleção de síndico profissional e de síndico preposto. A série traz diversos grandes consultores de condomínios. Você poderá ter acesso a conteúdos exclusivos e ainda ter acesso aos consultores para mergulhar neste tema. Ninguém vai errar em eleição. Leitores do Folhacon sabem tudo. São muito bem informados. Conhecem os grandes consultores condominiais.

Nesta primeira série convidamos a Advogada Vanessa Ponciano – Consultora Jurídica sócia do Escritório Stankievicz, Ponciano & Rachkorsky Advogados Associados.

Pergunta de Síndico Candidato de Curitiba:

  • Headhunter Eli Antonelli – Dra. Vanessa, como a pessoa pode se candidatar, somente no dia da eleição ou sabendo que terá assembleia pode fazer tipo um informativo que estará concorrendo a vaga?

Advogada Vanessa Ponciano – Se na convenção não constar nenhum procedimento prévio a ser seguido para candidatura do cargo de síndico,  qualquer pessoa (física ou jurídica, condômino ou não) que se candidatar no dia da assembleia, deverá ser ouvido/acolhido e, poderá ser eleito.  Claro que nada impede de a atual gestão de sindicância,  sugerir uma organização interna para que os candidatos/interessados, se apresentem com antecedência. Mas, não poderá  impor isso como condição e impedir que alguém que não tenha participado dessa “organização interna” se candidate no dia da assembleia.  Agora, se a Convenção prever normas procedimentais para se candidatar ao cargo, o procedimento terá de ser seguido. Lembrando que os procedimentos que venham ser determinados na convenção, não podem contrariar dispositivos de Lei. Exemplo: proibir que terceiros alheios a relação condominial se candidate – que só condômino seja candidato. Tal procedimento contraria dispositivo de Lei e portanto não seria aplicável. Pois a Lei diz que poderá ser síndicopessoa física ou jurídica, condômino ou não”.

INSCREVA-SE AQUI PARA OS ENCONTROS PRESENCIAIS DA SÉRIE / TROCA DE SÍNDICOS /REELEIÇÃO DE SÍNDICO/ASSEMBLEIA DE SÍNDICO 2020

Deixe suas perguntas e comentários. Aguarde a próxima série de perguntas/respostas ELEIÇÃO DE SÍNDICO


Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *